quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Halloween ou Dia das Bruxas



É uma festa típica da Inglaterra, Estados Unidos e Canadá que acontece tradicionalmente todos os anos, no dia 31 de outubro.
À noite, crianças e adolescentes, vestidos com fantasias de fantasmas, bruxas, múmias, drácula, duendes, gnomos, entre outras criaturas, e carregando abóboras iluminadas com velas, praticam o mesmo ritual: bater de porta em porta, pedindo doces aos moradores.

Aqui, a festa já entrou para o calendário, sendo promovida, principalmente, pelos cursos de língua inglesa.

Origem

O Halloween foi criado pelo povo celta, que viveu nas Ilhas Britânicas cinco séculos antes de Cristo. Eles inventaram a festa para marcar o fim oficial do verão, o início do ano novo, o término da última colheita, a renovação das leis, retorno dos rebanhos e armazenamento das provisões para o inverno.

A festa tinha vários nomes como Samhain, Samhein, La Samon e Festa do Sol. Mas o que prevaleceu foi Halloween, adaptada de "All Hallows Eve", que significa véspera do Dia de Todos os Santos, comemorado em 1o de novembro.

Para o povo druída, Samhain marcava o fim do verão com direito a um festival em sua homenagem, conhecido como Festival Druida de Samhain, comemorado em 31 de outubro.

Segundo a lenda, as almas dos que morreram ao longo do ano voltavam para tomar os corpos dos vivos no ano que se iniciaria. Um dos rituais mais marcantes da festa eram as fogueiras acesas nas casas durante as comemorações. Os vivos que não queriam ser possuídos apagavam o fogo para que o local parecesse ser frio e indesejado, além de se vestirem com fantasias de criaturas assustadoras e desfilarem na vizinhança para afugentar os espíritos que vagavam.

As Abóboras
Conta a lenda que na festa de Samhain, as fogueiras das casas eram acesas a partir das brasas de uma fogueira sagrada. Para levar a brasa, os moradores usavam um nabo como se fosse um lampião. Daí, os irlandeses, assim como Jack, passaram a esculpir nabos e também beterrabas e usá-los como lanternas ou lampiões.
Quando emigraram para a América, não encontraram nabos e beterrabas em grande quantidade, tendo que trocar por abóboras. Desde então, fazem parte da decoração nas noites de Halloween. Elas também representam as almas dos mortos, segundo a lenda de Samhain.

2 comentários:

Anônimo disse...

Sou a Emilia (PT).
boa noite Bete.
Gostaria de saber se o "bolo creme de
leite" (postado no dia 3/08/07)tem mesmo de levar o queijo curado?
Ontem, fiz o bolo de chocolate sem farinha, tirado tambem dos sites brasileiros. Ficou uma delicia. Acabou depressa!!
Voltarei a visitar o seu blog para
saber a resposta.ok
Continuação de bom dia de "halloween".
bjs emilia

Bete disse...

Olá, Emília!
Obrigada pela visitinha. Quanto ao bolo você pode substituir por queijo branco(desde que não esteja muito mole)ou coco ralado.Estes ingredientes dão mais sabor ao bolo.
E o queijo branco é mais saudável.
Eu já fiz com esses ingredientes, mas sem o queijo ou o coco, ainda não testei.
Bjs, volte sempre.

.

O SABOR DA VIDA COMEÇA NA COZINHA