sábado, 18 de agosto de 2018

CANJICA CREMOSA BETECHEF


Se você ainda não experimentou essa delícia que é nossa canjica, acho bom experimentar. Canjica é um tipo específico de milho, o milho branco, que também pode ser misturado a ingredientes como leite, leite de coco e açúcar. Mungunzá dos negros,  também chamado no Sul “canjica”. Além de muito saborosa, a canjica possui algumas propriedades que colaboram com o funcionamento do organismo. A fibra presente no grão é muito poderosa para combater prisão de ventre e facilitar a digestão. E como se não bastassem todos os esses benefícios, o tipo de gordura presente nela é bom para o colesterol e diminui também o risco de doenças cardiovasculares. 

Ingredientes:
250 g  (chá) de milho para canjica
1 Leite condensado (lata ou caixinha)
1 medida (da lata) de Leite Líquido Integral
50 gramas de coco desidratado
1 garrafinha de leite de coco (200 ml)
2 paus de canela
Canela em pó para polvilhar

Preparo:
Em uma tigela, deixe a canjica de molho em água fria por, no mínimo, 2 horas. Escorra a água e leve a canjica ao fogo em panela de pressão com 2 e meio litros de água fria com dois paus de canela  reduzindo o fogo após a fervura. Deixe cozinhar por cerca de 1 hora. Junte, o leite condensado, o coco ralado leite de coco e deixe ferver por mais 5 minutos, mexendo de vez em quando até ficar cremosa. Despeje em uma tigela funda e sirva polvilhada com canela.

Congelamento:
Resfrie, coloque em uma embalagem de plástico própria para congelamento, etiquete e congele em freezer ou duplex por até 3 meses. Para descongelar deixe na geladeira por cerca de 12 horas. Coloque na panela e aqueça.

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Brownie de Chocolate Super Fácil Por Betechef



Essa é uma daquelas receitas que você pode fazer sem medo, os ingredientes geralmente temos em casa. Também é uma receita super fácil, é só  misturar os ingredientes e colocar para assar. 


Ingredientes:
6 colheres de sopa de chocolate em pó
1 e 1/2 xícaras de açúcar
3 ovos grandes
1 xícara (chá) de farinha de trigo
100 g de margarina derretida
1 colher (sopa) de essência de baunilha
1 colher (chá) fermento em pó
1 pitada de sal


Preparo:
Numa tigela misture todos os ingredientes secos (açúcar, farinha de trigo e chocolate);
Derreta a manteiga sem deixar ferver;
Bata os ovos levemente com um garfo;
Despeje aos poucos os ingredientes molhados (ovos e manteiga) na tigela dos secos;
Misture bem até formar uma massa;
A seguir misture a essência de baunilha e o fermento em pó e misture delicadamente. Despeje numa forma retangular e untada e espalhe até ficar uniforme;

Coloque no forno médio pré aquecido por exatos 30 minutos. Se preferir sirva acompanhado com uma bola de sorvete de creme. Fica simplesmente delicioso! 
Bom Apetite!

sábado, 21 de julho de 2018

Bolo Gelatina de Limão



Maravilhoso esse bolo! Super simples de fazer, nada de batedeira, nem de liquidificador. E´na mão mesmo...Mas, não precisa de força. Você vai colocando os ingredientes e misturando com carinho e amor. Isso mesmo em alguns minutos sai um bolo super macio e muito saboroso. só mesmo fazendo e saboreando para acreditar na delícia que este bolo, além de muito bonito que fica. Esse aqui fiz para o aniversário da minha norinha querida. Deixo aqui a minha dica de um bolinho para seu café deste seu domingo que está chegando por ai. Abraços!

Ingredientes:
3 ovos inteiros
1 xícara (chá) de açúcar 
1 xícara (chá) de óleo 
1 caixinha de gelatina sabor limão    
1 xícara (chá) de leite      
3 xícaras (chá) de farinha de trigo 
1 colher (sopa) de fermento em pó
raspar de limão para decorar

Calda Glaçada de Limão
1 xícara de açúcar de confeiteiro
3 colheres (sopa) de limão


Preparo do Bolo:
Coloque em uma vasilha redonda os ovos, o açúcar e o óleo. Misture tudo muito até ficar bem homogêneo. Em seguida coloque leite e misture novamente. A seguir coloque a gelatina sabor limão e mexa até que dissolva totalmente. Agora vá colocando a farinha de trigo aos poucos mexendo sempre até o final. Só então acrescente o fermento em pó delicadamente. Unte uma forma que pode ser de furo central ou não, tamanho médio e coloque a massa. leve para assar em forno pré aquecido por aproximadamente 35 minutos ou até ao enfiar o palito o mesmo saia limpo. Retire do forno espere amornar e desenforme em um prato de sua preferência. Espalhe a calda por cima, salpique as raspas de limão .Espere endurecer e delicie com um delicioso cafezinho ou um chá de sua preferência.

Preparo da Calda:
Misture bem até ficar bem homogêneo. Agora é só espalhar em cima do bolo.

sábado, 7 de julho de 2018

Pudim de Pão



Boa Noite,

Para o fim de semana fiz essa sobremesa super fácil , mas deliciosa. O tradicional pudim de pão, bem vejo em algumas receitas que as pessoas muitas das vezes usam pães duros e amanhecidos. Talvez por isso  tiram as cascas...enfim...fiz o meu usando pães amanhecidos sim, mas estavam macios, por isso não achei necessário tirar as cascas. O resultado foi ótimo, a sobremesa ficou maravilhosa. Mostro na foto mais abaixo. Faça você mesmo para conferir. você pode fazer também na versão Diet, ideal para as pessoas diabéticas. Pois, sabemos que nem todas as pessoas podem comer açúcar. 

Ingredientes do Pudim:
4 ovos
1 lata de leite condensado (395g)
2 pãezinhos francêses de (50g) com a casca e tudo picadinhos
2 xícaras (chá) de leite (240 ml) cada uma

Calda de caramelo:
1 xícara (chá) de açúcar
1/2 xícara de água fervendo


Preparo da Calda:
Comece preparando a calda. Em uma panela coloque o açúcar e deixe dourar. Em seguida coloque a água fervendo. Deixe ferver até derreter o caramelo e formar uma calda não muito grossa. Pegue uma forma redonda de furo central, espalhe a calda na forma. Reserve.

Preparo do Pudim:
Coloque todos os ingredientes do pudim no liquidificador e bata bem. A seguir despeje na forma caramelizada. Leve ao banho maria coberto com uma tampa ou papel alumínio por 40 minutos ou até que ao enfinhar o palito o mesmo saia limpo.

Obs: Para que sua forma não manche  durante o cozimento do pudim, coloque 1 colher (sopa) de vinagre ou 2 rodelas de limão na água. Cuidado também para não colocar água demais e na hora do cozimento para que  não entre na forma do pudim.

Uma sugestão: Se não quiser fazer a calda ou estiver sem tempo use karo, uma  calda pronta que é  semelhante a calda de caramelo feito em casa. Eu sempre tenho em casa para uma emergência ou seja aqueles dias que estou com muita pressa e preciso usar calda de caramelo .

BENEFÍCIOS DO IOGURTE CONTRA A DIABETES



O iogurte é um alimento fantástico que pode oferecer benefícios incríveis para a saúde, se for incorporado de forma responsável em uma dieta. Veja AQUI a receita completa de delicioso Iogurte caseiro. Simples, rápido e delicioso.
.


Este produto lácteo antigo provavelmente foi descoberto acidentalmente, ao se armazenar leitepor longos períodos de tempo em climas quentes.



Desde então, é um alimento popular em muitas culturas ao redor do mundo, principalmente porseu sabor, versatilidade e valor nutritivo.


O iogurte é, talvez, o produto lácteo mais benéfico em termos de valor nutricional, e vamos

abordar seus inúmeros benefícios para a saúde neste post.


Nossa atual fixação por limpeza e higiene criou-nos para uma sociedade de germofóbicos,

obsessivos por produtos antibacterianos.



Esta recente misofobia (medo patológico de contato com a sujeira e contaminação de germes)fez com que muitas pessoas tenham esquecido que há algumas bactérias muito benéficas que podem ajudar em diversas funções no corpo humano. O iogurte é único, entre outros alimentos deste tipo, por conta de seu incrível suporte probiótico.


O processo de fermentação permite-lhe desenvolver colônias de micro-organismos, que

quando consumidos ajudam o corpo humano a manter seu sistema digestivo saudável.



Embora todos os alimentos tenham algumas bactérias, o iogurte é conhecido por ser rico em um tipo particularmente benéfico, que os seres humanos são incapazes de produzir por conta própria.


Nos últimos anos, pesquisadores observaram que este produto lácteo maravilhoso ajuda a

reduzir as chances de desenvolver diabetes tipo 2.


Normalmente, as pessoas que perceberam o maior efeito, consumiram cerca de 170 g de

iogurte por dia. Entretanto, a partir de 85 g diariamente, já mostrou produzir o mesmo tipo de benefícios.


Isso, provavelmente devido ao apoio probiótico potente oferecido por muitos produtos lácteos,que ajudam a nossa digestão, e também, por sua vez, nos ajudam a gerenciar os níveis de açúcar no sangue.

Os Iogurtes também têm alto teor de proteínas, especialmente o iogurte grego, o que significa que ele deixará uma sensação de maior saciedade após o consumo.

Além disso, contém grandes quantidades de CLA, um ácido importante que tem sido sugerido para reduzir o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.


As gorduras naturais encontradas em produtos lácteos têm uma interação interessante com ocolesterol, na medida em que diminuem os seus níveis gerais em nosso corpo, estimulam a boa versão dele, o colesterol HDL.

Finalmente, consumir iogurte diariamente, juntamente com a prática de exercício regular pode prevenir que ocorram fraturas ósseas, o que é especialmente importante para as mulheres e os idosos que estão em maior risco para esta condição.


É importante notar que nem todos os iogurtes são formulados da mesma maneira.



Se possível, o melhor tipo para consumir é qualquer um que seja produzido com leite de vacas alimentadas exclusivamente com capim.



Isso porque os produtos lácteos provenientes de animais com dietas naturais contêm leite que é rico em ômega 3 e CLA. Se não, deve-se procurar por uma marca que seja, no mínimo, de alto conteúdo probiótico.


Idealmente, o iogurte deveria conter 106 CFU (1.000.000 unidades formadoras de colônias), já que algo menos que isso, não proporcionará benefícios bacterianos para o sistema digestivo.


Por último, a maioria dos tipos de iogurtes são bons, desde que mantenham uma quantidade apropriada de conteúdo probiótico.


A única grande diferença é que o iogurte grego tende a ter maior teor de proteínas e gorduras,com menos açúcar, carboidratos e sódio, quando comparado com outras variedades.

Fonte:http://www.anad.org.br/beneficos-do-iogurte-contra-o-diabetes/ 3/3
Posted by DiabeTV BrasilO

domingo, 1 de julho de 2018

Bolo de Milho Zero Lactose e Zero Açucar





Hoje bateu aquela vontade tomar um cafezinho com bolo de milho. Só tinha que ser sem açúcar, zero lactose e de quebra delicioso. Lá fui eu colocar a mão na massa e substituir o açúcar pela sucralose que já conheço e substitui muito bem o açúcar na culinária, sem deixar aquele gosto amargo nas receitas. Quanto ao leite, já faço uso o de soja regularmente, então coloquei ele na minha receita. Mas você fica a vontade para colocar o leite de sua preferência. Essa é uma ótima receita para os intolerantes a lactose e também para os diabéticos.

Caso você não tenha problema nenhum de saúde use açúcar demerara no lugar da sucralose, pois ele é mais saudável que o açúcar refinado, nosso açúcar branco. Digo a  mesma coisa faça com o leite, substitua pelo de sua preferência...mas lhe garanto com toda sinceridade que meu bolo ficou simplesmente delicioso!


Ingredientes: 
3 ovos inteiros
1 e ½ xícara (chá) de sucralose (adoçante
culinário forno e fogão)
1 e ½ xícara (chá) de leite de soja ou leite vegetal
1 e ½ xícara (chá) de óleo
1 Lata de milho em conserva sem a água
12 Colheres de(sopa) de milharina
1 Colher (sopa) de fermento em pó
Erva doce a gosto ( usei 1 colher café) 
Óleo para untar e farinha de milho (fubá) para polvilhar

Preparo:
Bata os ovos no liquidificador. A seguir, acrescente a sucralose, o leite, o óleo, o milho e a milharina.  Bata tudo muito bem. Junte o fermento em pó e bata por mais um minuto em velocidade mínima.Unte uma forma retangular (20 cm x 29,7 de diâmetro) com óleo e polvilhe com farinha de milho (fubá). Despeje a massa na forma e leve ao forno preaquecido por cerca de 40 minutos ou até que ao enfiar o palito o mesmo saia limpo.  Quentinho acompanhado com chá de sua preferência ou com um delicioso cafezinho fica simplesmente irresistível.

Bom Apetite!

sábado, 30 de junho de 2018

9 ESTRATÉGIAS PARA EVITAR O INCHAÇO



Conheça e aprenda a consumir inimigos e aliados da retenção de líquido no organismo

Você acorda com o rosto e os olhos inchados. De repente você percebe que ganhou dois quilos, literalmente do dia para a noite. Sua barriga começa a saltar por cima do cós da calça ao longo do dia. Você mal consegue ver o ossinho do seu tornozelo, que está enorme. As pernas e a lombar doem.

No verão, com uma alimentação rica em sódio, em uma vida cheia de estresse e exposição a toxinas, na TPM ou na gravidez, o inchaço e a retenção de líquidos no organismo podem ser bastante comuns. Ganhamos medidas e peso e perdemos roupas e autoestima nessa gangorra, que parece não ter fim.

INCHAÇO É CAUSADO PELO DESEQUILÍBRIO ENTRE ÁGUA E SAIS MINERAIS NO ORGANISMO

O inchaço ocorre pelo simples fato de que os fluidos corporais (excluindo o sangue) são responsáveis por mais da metade do peso de uma pessoa, chegando a 60% no caso das mulheres, por exemplo. Esses fluidos são uma mistura de água, sais minerais – como sódio e potássio – e outras substâncias.
Quando a proporção de água em relação aos sais fica desbalanceada, nossos rins tentam compensar, retendo água no organismo para diluir o excesso de sódio.

Quando a proporção de água em relação aos sais fica desbalanceada, nossos rins tentam compensar, retendo água no organismo para diluir o excesso de sódio.

Disso, resulta o inchaço. Por isso, quando estamos inchados e/ou com retenção de líquido, sentimos isso em diversas partes do nosso corpo ao mesmo tempo. Inchar é um processo natural, especialmente nas mulheres, e, normalmente, temporário. Mas nem por isso deixa de ser desconfortável.

Por causa das flutuações naturais do ciclo menstrual e da gravidez, é natural a mulher sentir mais o impacto da retenção de líquido antes da menstruação e nos estágios finais da gravidez. Quando esses sintomas ocorrem fora desses períodos, normalmente estão associados a algum alimento que ingerimos ou a hábitos alimentares inadequados ao nosso organismo, que interferem na produção de insulina, o que, por consequência, impacta no equilíbrio de fluidos e sódio nos rins. Claro que antes é preciso saber se não há alguma doença mais grave por trás disso, o que necessita de acompanhamento e tratamento específicos.

ALIMENTOS QUE INCHAM: COMO CONSUMIR?



SAL REFINADO

O sal de cozinha, branquinho, soltinho e processado, é sódio puro e simples, ou seja, vai prejudicar diretamente o equilíbrio dos fluidos do organismo, provocando inchaço. Usar o sal não refinado, naturalmente rico em outros minerais, é uma escolha melhor.

ALIMENTOS PROCESSADOS

Quase tudo que vem em uma embalagem contém alguma quantidade de sal refinado e outras fontes de sódio, como o glutamato monossódico. E não é só o sódio desses produtos que causa inchaço – o açúcar, o trigo refinado e outras substâncias químicas presentes, também. Entram nessa lista os refrigerantes e sucos industrializados, os laticínios (como queijo e presunto) e alimentos em conserva/enlatados e congelados, entre muitos outros. Até a água mineral pode ter um alto índice de sódio. Fique sempre de olho no rótulo. Cozinhar mais usando alimentos in natura e integrais e temperos naturais, como ervas e especiarias, é a melhor forma de diminuir o consumo dessas substâncias.

BEBIDAS ALCOÓLICAS


Ingerir bebidas alcoólicas causa desidratação, ou seja, o desequilíbrio entre os níveis de fluidos e sais, o que leva ao inchaço típico da ressaca. Além de beber com moderação, ingerir um copo de água ou mais para cada dose tomada é a melhor pedida.

PARA DESINCHAR, INVISTA EM ÁGUA E ALIMENTOS DIURÉTICOS
ÁGUA


Beber água pura regularmente durante o dia evita o inchaço e ajuda a diminuir a retenção de líquidos, justamente porque equilibra a proporção entre fluidos e sais no organismo. Quando estiver se sentindo muito inchada, prefira tomar água morna, que ajuda a diminuir esse sintoma. Aumente o consumo quando ingerir alimentos com muito sal ou sódio e quando consumir álcool.

ERVA-DOCE

O chá das sementes de erva-doce é o principal aliado no combate contra o inchaço e os sintomas descritos anteriormente. Esquente uma xícara de água quase até o ponto de fervura, desligue o fogo, coloque uma colher de chá cheia de sementes, abafe e aguarde por 5 a 15 minutos. Beba bastante durante o dia, quando se sentir inchado ou até como prevenção caso se trate do período pré-menstrual. É importante beber o chá puro, sem açúcar ou adoçantes, pois eles provocam inchaço! Você também pode usar as outras partes da erva-doce na alimentação, como o bulbo, chamado de funcho, que fica ótimo fatiado em saladas, assado ou até picadinho, como fazemos com a cebola para refogar arroz ou vegetais. As folhas também são um delicioso tempero para finalizar pratos como feijão e raízes

VEGETAIS E FRUTAS RICOS EM ÁGUA
Opte por pepino, salsão/aipo, funcho, melão, melancia e agrião.

VEGETAIS E FRUTAS FONTES DE POTÁSSIO
Banana, água de coco, folhas de beterraba, espinafre, abacate, lentilhas e cogumelos são alternativas de alimentos que ajudam o corpo a desinchar.

ESPECIARIAS DIURÉTICAS


Salsa, alho, sementes de erva-doce, sementes de coentro e sementes de cardamomo.

ALIMENTOS COZIDOS


Quando o corpo está inchado, precisamos equilibrar esse excesso de umidade do nosso organismo – para isso, os alimentos cozidos e quentes são a melhor pedida. Feijões como o azuki e o moyashi/mung são grandes aliados para minimizar a retenção de líquidos e incentivar a desintoxicação do organismo. Você pode inclusive usar os temperos e vegetais sugeridos acima para potencializar a ação desses alimentos.

Fonte:Personare

.

O SABOR DA VIDA COMEÇA NA COZINHA