.

Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

O SABOR DA VIDA COMEÇA NA COZINHA


.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Pão de Iogurte e Abóbora da Betechef



Ingredientes:
1 Pote (200g) de iogurte natural;
2 Potes de leite morno (use o pote de iogurte vazio para medir);
1 Pote de óleo (use o pote de iogurte vazio para medir);
2 Ovos inteiros;
50g de Fermento biológico ou 1 sache de fermento seco biológico
1 Colher (sobremesa)  rasa de sal;
2 Colheres (sopa) de açúcar;
1 xícara (chá) de abóbora cozida ;
7 xícaras (240 g cada) de farinha de trigo.
1 xícara de granola zero açúcar

Modo de Preparo:
No liquidificador, bata o iogurte, o leite, o óleo, os ovos, o fermento, o sal e o açúcar até ficar homogêneo. Coloque em uma tigela, acrescente a abóbora cozida, a granola e a farinha aos poucos, misturando bem. Como mostra a foto a massa fica meio molenga e grudenta é o segredo que deixa o pão úmido e macio. Coloque em formas para bolo inglês tamanho médio  ou formas de buraco no meio. Pincele com gema de ovo, cubra e deixe crescer por 30 minutos ou até dobrar de volume. Leve ao forno preaquecido por 30 minutos, ou até que ao enfiar o palito o mesmo saia limpo. Retire do forno e sirva.


Vale a pena conferir esta receita, ficou maravilhosa. É  muito rica em nutrientes, um deles é  a abóbora que é  originária da América, um fruto rico em vitamina A. Também fornece vitaminas do complexo B, cálcio e fósforo. Tem poucas calorias e é de fácil digestão. O outro nutriente  importante é o iogurte que tem uma composição muito semelhante à do leite, já que contém quase os mesmos nutrientes, como o cálcio e o fósforo (essenciais à manutenção de ossos e dentes saudáveis), vitaminas, minerais e proteínas (parcialmente pré-digeridas por ação das bactérias lácteas, o que permite uma melhor digestão).

A maior parte das suas qualidades deve-se à fermentação, o processo pelo qual o leite é transformado em iogurte. Neste processo, a lactose é parcialmente transformada em ácido láctico, o que facilita a assimilação em pessoas com intolerância à lactose.

Contém bactérias lácteas vivas que ajudam a regenerar a flora intestinal, inibindo a acção de bactérias patogénicas, o que confere uma protecção natural contra as infecções gastrointestinais. Estas bactérias consideradas boas parecem promover também a estimulação do sistema imunitário.


2 comentários:

Sonia disse...

Quem diria, pra quem achava que o pão não iria crescer e pagou com a língua, esse pãozinho está uma delícia, mais macio impossível, com uma geléinha então... nem se fala.

Val disse...

amiga que pão maravilhoso adorei..bjs