.

Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

O SABOR DA VIDA COMEÇA NA COZINHA


.

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Balde de água fria nas fibras Para fazer o bem que pregam estes alimentos precisam de líquido


Sozinha, ela não faz verão. Precisa estar de mãos dadas com outro elemento para trazer benefícios ao organismo feminino. A fibra, tão importante para o intestino e bem estar, não é nada sem a parceria da água.
Os nutricionistas e gastroenterologistas não cansam de recomendar uma dieta rica em fibras (frutas, hortaliças e cereais) como importante segredo para “esquentar os tamborins” do intestino preguiçoso.
Isso porque, a conhecida prisão de ventre pode ser motivada pela ausência dos nutrientes trazidos por estes alimentos. No caso das mulheres, explica o presidente da Federação Brasileira de Gatroenteorologia, Aytan Sipahi, o problema é acentuado por causa dos hormônios. Na gravidez, a dificuldade de ir ao banheiro aumenta ainda mais.
A estimativa é de que o dobro de mulheres sofra com o problema em relação aos homens. Eles, segundo o fabricante de um iogurte que promete dar uma forcinha ao intestino, somam 5 milhões no Brasil. Elas, portanto, seriam 10 milhões em todo País.
Pois bem, nada adianta sair por aí comendo fibras se, em paralelo, a ingestão de líquidos não acompanhar o cardápio, advertem os especialistas. Além de não favorecer o trânsito intestinal, o efeito no auxílio para emagrecer – outro benefício creditado às fibras – tampouco é alcançado. E o piro: de super-heroína a fibra pode se transformar em vilã do intestino. Como? Os nutricionistas explicam: sem receber um “balde de água” o excesso de fibra provoca até mesmo constipação intestinal.
“A fibra precisa de água para funcionar. Se for consumida em parceria com o líquido, forma uma espécie de gel no intestino”, esclarece a nutricionista clínica Flávia Morais, especializada em dietas e alimentos naturais. “É este gel que promove a sensação de saciedade e a consequente redução do apetite”. Mas sem a companhia da água, adverte ela, não há este efeito e nem a melhora do funcionamento do intestino.
Para que tudo funcione direitinho, o ideal é comer frutas, (morango, ameixa, abacaxi, damasco são bons exemplos), dois pratos de verduras e legumes (espinafre, cenoura, couve e brócolis são ótimos), cereais (como milho), farelos de trigo e feijão – o indicado são 20 gramas de fibras diariamente. Além disso, é importante beber dois litros de água ao longo do dia. E atenção: não vale beber e comer tudo de uma vez. É preciso separar em doses para ter o efeito desejado.
 Fonte: ig

Nenhum comentário: