.

Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

O SABOR DA VIDA COMEÇA NA COZINHA


.

domingo, 11 de julho de 2010

Risoto Colorido no Forno com Couve Flor no Microondas

Adorei fazer esta receita, foi super fácil e ficou deliciosa. Para acompanhar  fiz uma uma couve flor no microondas em 10 minutos na potência alta. Ficou uma combinação perfeita e quase não deu trabalho nenhum. A receita do risoto achei na embalagem do colorau, já sei que vou fazer outras vezes, adorei a praticidade.

Ingredientes:
2 xícaras (chá) de arroz lavado  e escorrido
5 xícaras (chá) de água fria
2 latas de milho verde
4 colheres (sopa) de pimentão vermelho ou verde picado
200g de paio picado
2 colheres (sopa) de manteiga ou margarina
2 colheres (sopa) de salsa desidratada
2 colheres (chá) de colorífico (colorau)
1 cubinho de caldo de legumes vitalie

Preparo:
Coloque todos os ingredientes em um pirex  fundo  com tampa e mexa bem. Leve ao forno pré-aquecido por cerca de 30 minutos, até o arroz  cozinhar.


Obs: Pode trocar o paio por frango, camarão ou mesmo só legumes. Vai do gosto de cada um.

Para o preparo da couve flor fiz o seguinte: Peguei uma couve flor  separei as florzinhas,  lavei bem em água corrente. Coloquei em uma vasilha e adicionei 4 colheres (sopa) de água com uma pitadinha de sal e levei ao microondas por apenas 10 minutos na potência alta (potência 10). Se preferir pode cozinha-lá no vapor ou em água e sal.

É Bom Saber:


 COLORÍFICO (COLORAU)


Nome científico: Bixa orellana L.


Urucum quer dizer vermelho em tupi. É retirado do urucum e usado para dar cor aos alimentos, sendo chamado de colorífico ou colorau. Usado na pigmentação de alimentos de forma caseira e de forma industrial. É utilizado em tingimentos de tecidos também.

Benefício: O colorau possui carotenóides em sua composição, que atuam como antioxidantes nas células. Sendo assim, protegem contra o envelhecimento precoce. Além disso, o chá de semente de urucum alivia a prisão de ventre e problemas estomacais. Só não vale abusar, pois, se usado em excesso, ocasiona irritação no fígado e no pâncreas.




Couve-flor:
 Fonte de vitamina C, potássio e fibras
 Dados históricos mostram que a couve-flor já era muito usada no Oriente Médio desde a Antiguidade.

Foi a partir desta região, que o alimento começou a se tornar conhecido e acabou sendo levado para a Europa por viajantes que faziam viagens comerciais.


No século XII, a couve-flor caiu no gosto dos chefes de cozinha da nobreza e acabou se popularizando por todos os países do mundo.


Este vegetal é uma excelente fonte de vitamina C e vitamina B6,possui grandes quantidades de folato e potássio, além de ter muitas fibras em sua composição. É um excelente alimento para quem está precisando diminuir o consumo de calorias. Uma xícara de couve-flor possui apenas 25 kcal.

Ainda tem elementos como bioflavonóides e outras substâncias químicas, que podem gerar uma proteção auxiliar contra o desenvolvimento do câncer.


Também pode ajudar na regularização das funções intestinais, se comida crua. A couve-flor, pode nesse caso neutralizar a acidez estomacal, aliviar a prisão de ventre e auxiliar na construção dos dentes e ossos, aumentando a capacidade do sistema imunológico de resistir às infecções.


Para manter o sabor e diminuir a perda de nutrientes durante o preparo, cozinhe a couve-flor no vapor ou ferva rapidamente. Cozida demais, ela fica mole e libera compostos sulfurosos, ganhando um cheiro desagradável e sabor amargo.


Para eliminar este problema, a couve-flor deve ser preparada em panela sem tampa. Outra dica é não cozinhar a couve-flor em panelas de alumínio ou ferro para evitar que perca a cor. Ao comprar couve-flor, escolha a que estiver firme. Caso as folhas estejam tenras e verdes com as flores bem brancas é sinal que ela está fresca e no ponto ideal para ser consumida.


Por Marco de Cardoso Fonte: Site Médico- Boa Forma

Queijo Gruyère


O queijo Gruyère é amarelo e feito de leite de vaca. O nome vem da cidade de Gruyères na Suíça. Ele é duro, levemente salgado e picante. Quando totalmente maturado (três a doze meses) tende a ter pequenos buracos. Saiba mais sobre outros tipos de queijos aqui.
 

2 comentários:

Erica Yamamoto Ferreira disse...

Bete, a receita é bem prática! E temperar com Vitalie fica bem leve, pois tem pouco sal e gordura.


Um beijo.

Mar disse...

Que rico Bete, me encanta el risoto y este tuyo se ve divino....
Besitos