.

Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

O SABOR DA VIDA COMEÇA NA COZINHA


.

sábado, 13 de abril de 2013

Alimentação para celíacos


Imagem da internet

A doença celíaca é pouco conhecida ainda, mas cada vez mais comum em alguns países da Europa, onde tem sido bastante estudada. A incidência é, em média, de 1 caso a cada 200 habitantes, manifestando-se principalmente na infância nos 3 primeiros anos de vida, se caracterizando pela intolerância ao glúten. Ocorre em pessoas com predisposição genética.

O Glúten é a principal proteína presente no Trigo, Aveia, Centeio, Cevada, e no Malte (subproduto da cevada). Dessa forma, os portadores da doença não podem ingerir alimentos como: pães, bolos, bolachas, macarrão, pizzas, cervejas etc. 

Em portadores da intolerância o Glúten agride e danifica as vilosidades do intestino prejudicando a absorção dos nutrientes. A má absorção torna-se um problema sério. Isso resulta em perda de vitaminas, minerais e calorias. 

Os alimentos ricos em vitaminas B são importantes, pois a doença celíaca causa má absorção destas vitaminas. 

É permitido o consumo de arroz integral e milho. 

As pessoas com doença celíaca precisam de fibra e devem comer hortaliças frescas, leguminosas (feijões, ervilha, lentilha), farelo de arroz, nozes, sementes de girassol, passas, figo e frutas com sementes tais como morango, framboesa e amora. 

Vale ressaltar que o glúten não desaparece quando os alimentos são assados ou cozidos, e por isso uma dieta deve ser seguida à risca. 
Consuma frutas, verduras e legumes e cuidado para não exagerar no consumo de gorduras e carnes. 

Os sintomas mais freqüentes da doença são diarréia crônica, anemia ferropriva, emagrecimento e falta de apetite, distensão abdominal (barriga inchada ), vômitos, dor abdominal, osteoporose, esterilidade, abortos de repetição, glúteos atrofiados, pernas e braços finos, apatia e desnutrição aguda que podem levar o paciente à morte na falta de diagnóstico e tratamento. 

O tratamento basicamente compreende uma dieta rigorosa; devem ser retirados todos os alimentos e preparações que contenham o glúten. Não é permitido comer "só um pouquinho" desses alimentos. Eles devem ser substituídos por farinha de arroz, amido de milho, fécula de batata, araruta, farinha de soja. 

Os doentes devem estar sempre muito atentos aos rótulos, embalagens e bulas, que nem sempre contêm a composição correta ou bem clara dos ingredientes. Sempre que, entre os ingredientes, tiver trigo, aveia, centeio e cevada, mesmo que não esteja escrito no rótulo, alimento não deve ser consumido porque contém glúten. 

Nas LOJAS MUNDO VERDE você encontra um mix de produtos indicados para celíacos como macarrão, farinhas, biscoitos, pães, torradas, bolos, cookies, snacks, massas de pizza, soja e seus derivados, chocolates, quinua (grãos, farinha, flocos, macarrão) entre outros. 

É IMPORTANTE RESSALTAR A IMPORTÂNCIA DA LEITURA DOS INGREDIENTES DO RÓTULO. 

Atenção: Nenhuma orientação substitui uma consulta clínica individualizada realizada por um profissional de saúde! 


Fonte: Equipe de Nutricionistas da Rede Mundo Verde

Fonte: http://www.mundoverde.com.br


Nenhum comentário: