.

Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

O SABOR DA VIDA COMEÇA NA COZINHA


.

sábado, 1 de maio de 2010

Arroz e feijão: aprenda a fazer ( Essa é pra você Thiago) Como preparar os pratos básicos da nossa culinária



 Arroz com feijão a gente aprende a fazer olhando. Mas, se por acaso você não era daqueles que costumava ficar de olho em pilotava o fogão, não problema. Vou ensinar aqui o passo a passo de como preparar os pratos que nunca faltam na mesa do brasileiro, arroz com feijão. Arroz com feijão compõem uma mistura saborosa e nutritiva, capaz de acompanhar quese todo tipo de receita. E ambos são muito fáceis de fazer.

O arroz é rico em amido, sendo uma ótima fonte de energia. Além disso, arroz fornece ferro, vitaminas B e proteínas. Já o feijão é um dos vegetais mais ricos em proteína, a qual tem a sua absorção pelo organismo facilitada pelo amido contido no arroz. O feijão também é rico em ferro e outros minerais. 

Tipos de arroz   
De origem asiática, o arroz  foi trazido ao Brasil pelos portugueses. Se você acredita que seus grãos são pouco nutritivos, prepare-se para algumas surpresas escondidas nas mais diferentes variedades:

POLIDO ou BRANCO O arroz do dia-a-dia não é dos mais nutritivos, mas ainda assim é fonte de carboidratos e proteínas, diz a cientista de alimentos Priscila Zaczuk Bassinello. Seu empobrecimento se deve à retirada da casca no beneficiamento, embora já existam nos supermercados versões enriquecidas com minerais como zinco e ferro.
PARBOILIZADO Ele concentra vitaminas do complexo B, importantes para afastar doenças cardiovasculares. Essa riqueza se preserva apesar do processamento. É que esse arroz, quando ainda está na casca, passa por um tratamento com água fervente que leva os nutrientes para dentro do grão, explica Andréa.

INTEGRAL Este tipo mantém a camada externa do grão, o farelo. Além de conservar vitaminas do complexo B, contém fibras benéficas ao intestino. Para quem estranha o sabor, Maria Cecília Corsi recomenda refogá-lo com um pedacinho de canela e um dente de cravo, além de bastante cebola.

ARBÓREO O mais usado para fazer risoto, ele concentra bastante amido, o que confere aquela consistência cremosa. Também tem uma incrível capacidade de absorver condimentos.NEGRO Ainda não é muito popular por aqui, embora seja conhecido na China há milhares de anos. Era chamado de arroz proibido por ser um alimento exclusivo do imperador, conta a nutricionista Andréa Esquivel, especialista em gastronomia e professora da Universidade Norte do Paraná, a Unopar. Contém pitadas de ferro e, portanto, pode ser útil para afastar a anemia.
NEGRO Ainda não é muito popular por aqui, embora seja conhecido na China há milhares de anos. Era chamado de arroz proibido por ser um alimento exclusivo do imperador, conta a nutricionista Andréa Esquivel, especialista em gastronomia e professora da Universidade Norte do Paraná, a Unopar. Contém pitadas de ferro e, portanto, pode ser útil para afastar a anemia.

Fonte: Saúde





Espremedor de alho




 



Receita  para 2 pessoas:                                                                                                                                        
Ingredientes:
1 xícara (chá) de arroz
2 xícaras (chá) de água
1 colher (sopa) de óleo
3 dentes de alho socados ou espremidos
1 colher (sopa) de cebola picada (opcional)
 sal a gosto (não abuse do sal)

Preparo:
Lave o arroz e deixe escorrer num escorredor por alguns minutos. Numa panela, esquente o óleo e refogue o alho rapidamente. Em seguida acrescente o arroz e mexa bem para o tempero cubra todos os grãos. Deixe fritar um pouquinho e acrscente a água e o sal. Deixe no fogo alto até levantar fervura. Abaixe o fogo e cozinhe com a panele parcialmente tampada, que é para não entornar. Deixe cozinhar até toda água secar, prove o arroz . Se não estiver cozido totalmente, acrescente um pouco mais de água e deixe cozinhar até secar.



Feijão
O Preto é popular no Rio de Janeiro e no Sul do país. Os paulistas usam mais o tipo Carioca  e o roxinho. Eo feijão jalo rende um caldo grosso.O feijão jalo pode ser encontrado em qualquer supermercado, nas feiras e em alguns sacolões.



           Folhas de Louro                                                               








Receita
250g de feijão                                                                                                 
1 colher (sopa) de óleo                                                                                       
1 folha de louro   
4 dentes de alhos socados ou espremidos
pedacinhos de bacon (opcional)
1/2 cebola picada (opcional)
sal a gosto


Preparo:
Escolha o feijão e deixe de molho de véspera.Jogue a água do molho fora, coloque o feijão e a folha de louro numa panela de pressão, cubra com água até 4 dedos acima dos grãos.Feche a panela, coloque para cozinhar em fogo alto. Depois que pegar pressão, deixe em fogo baixo e cozinhe por aproximadamente 40 minutos. Apague o fogo e deixe esfriar totalmente até sair todo o ar da panela.  Numa panela, esquente o óleo, acrecente o alho, e refogue  até ficar levemente dourado.
Junte o feijão e a água do cozimento, acerte o sal e cozinhe em fogo baixo até o caldo engossar.

Nota:  Se for colocar bacon e  cebola, primeiro frite o bacon, acrescente o alho deixe dourar. Só depois coloque a cebola que é para queimar a cebola.                                                                                                             
 Boa  sorte e bom apetite!







4 comentários:

Fla disse...

Parabéns pelo post!
Adorei.
Beijos

Vitória disse...

Vim ter no seu cantinho por essa amiga ai do lado...amei tudo.Bjooooo

Thiago Lucennah disse...

Bete, que doce da sua parte me dedicar esta receita...hehehe. Adorei, é isso mesmo... muitas pessoas acabam mesmo se desligando do trivial,ne? Muito bom. Um beijo enorme pra ti e uma excelente semana.

Sonia disse...

Muito boa idéia, eu mesma não tive coragem de fazer o meu primeiro feijão. Quanto ao arroz, o melhor é o arroz branco,é claro!