.

Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

O SABOR DA VIDA COMEÇA NA COZINHA


.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Natal e seus simbolos


Estudiosos afirmam que a figura do bom velhinho foi inspirada num bispo chamado Nicolau, que nasceu na Turquia em 280 d.C. O bispo, homem de bom coração, costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximas às chaminés das casas.

Foi transformado em santo (São Nicolau) pela Igreja Católica, após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele.

A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espalhou-se pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos, ganhou o nome de Santa Claus, no Brasil de Papai Noel e em Portugal de Pai Natal.


Em quase todos os países do mundo, as pessoas montam árvores de Natal para decorar casas e outros ambientes. Em conjunto com as decorações natalinas, as árvores proporcionam um clima especial neste período.


Acredita-se que esta tradição começou em 1530, na Alemanha, com Martinho Lutero. Certa noite, enquanto caminhava pela floresta, Lutero ficou impressionado com a beleza dos pinheiros cobertos de neve. As estrelas do céu ajudaram a compor a imagem que Lutero reproduziu com galhos de árvore em sua casa. Além das estrelas, algodão e outros enfeites, ele utilizou velas acesas para mostrar aos seus familiares a bela cena que havia presenciado na floresta.

Esta tradição foi trazida para o continente americano por alguns alemães, que vieram morar na América durante o período colonial. No Brasil, país de maioria cristã, as árvores de Natal estão presentes em diversos lugares, pois, além de decorar, simbolizam alegria, paz e esperança. Fonte: http://www.comunidadecristasosfamilia.com.br/

 O presépio talvez seja o símbolo natalino que mais remeta ao verdadeiro significado do Natal: o nascimento de Cristo. A representação não segue uma regra fixa; o presépio pode ser apenas uma pequena manjedoura com o Menino Jesus em um cantinho da casa até uma montagem em tamanho real em praças de cidades. O que importa, é claro, é o seu significado.

Segundo a tradição cristã, ele surgiu em 1223 com São Francisco de Assis, nas redondezas de Greccio, na Itália. O santo homem quis celebrar o Natal da forma mais realista possível e, com a permissão do papa, montou um presépio de palha com uma imagem do Menino Jesus, um boi e um jumento vivos perto dela. Nesse cenário foi celebrada a missa de Natal.

O sucesso do presépio foi tanto que a ideia rapidamente se estendeu por toda a Itália. Logo se introduziu nas casas nobres europeias e das classes mais pobres.

A palavra "presépio" vem do latim e significa estábulo, manjedoura. O presépio serve para lembrar que Jesus escolheu um ambiente pobre e rude para nascer. O ensinamento que se pode tirar desse fato é o valor da simplicidade, docilidade e fé, acima de tudo. Fonte: http://entretenimento.band.uol.com.br


Mt. 26.26-30 – 1 Co 11.23


A Santa Ceia foi instituída pelo Senhor Jesus Cristo, momentos antes de sua morte, durante a comemoração da páscoa judaica. Era comum os judeus se reunirem para fazer as refeições em épocas especiais.
A santa Ceia é um Sacramento (mandamento sagrado) que deve ser praticado pelos cristãos (discípulos de Cristo) em memória do sacrifício do Senhor na cruz, para a remissão (perdão) dos pecados, de todo aquele que o aceitar como Senhor e Salvador de seu vida.
Somente deverá participar dessa comemoração sagrada, aquele que reconhecer ser um pecador, se arrepender sinceramente de todos os pecados cometidos, aceitar ao Senhor Jesus Cristo como Senhor e Salvador de sua vida, pelo sacrifício realizado na cruz, de maneira pública e se esforçar por obedecer aos mandamentos ensinados pelo Senhor através de Sua Palavra, a Bíblia.
A Bíblia afirma que, aquele que participar dessa comemoração santa, de forma indígna, ou seja, cometendo pecados, se fará réu (culpado) do corpo e do sangue do Senhor, estando sujeito aos juízos de Deus. É como esse estivesse crucificando o Senhor novamente.
O Senhor Jesus instituiu essa comemoração como ato de comunhão de seu povo com Ele, e deveria ser praticada depois de sua partida para o Pai, até que Ele voltasse, para buscar a sua igreja (a noiva do Cordeiro).



 Minha Árvore de Natal



Árvore de Natal feita de papel ... comprei na feirinha de São dos Campos

Papai Noel feito de papel (Origame do japonês折り紙, de oru, "dobrar", e kami, "papel") é a arte tradicional e secular japonesa de dobrar o papel, criando representações de determinados seres ou objetos com as dobras geométricas de uma peça de papel, sem cortá-la ou colá-la. http://pt.wikipedia.org/


Neste Natal, que todos celebremos com tocante sinos, o nascimento de nosso redentor Jesus Cristo! Que sua graça permaneça com todos nós! Amém.

Feliz Natal e Um Ano Novo repleto de boas vibrações com muita Saúde, Paz e União Familiar!!!

Nenhum comentário: